segunda-feira, 22 de agosto de 2011

casório: FICHA COMPLETA


Loiritas y negritas do meu país, segue a ficha completa e comentada dos fornecedores.
E vocês viram que saímos lá no Casando Sem Grana da Sammia? Vale prestigiar a página desta moça.

24/08 -> Atualização: gente, graças a vocês, percebi que não tava na ficha nem o local nem os móveis! Perguntaram até se era minha casa hahahaha se essa é minha casa, pohaaaannn... agora tá certinho. (acho)

Local: Recanto do Barão. http://eventosdobarao.com.br // Localizado em Santa Teresa, o lugar é um casarão de arquitetura mista, meio anos 50, meio anos 50 com toques geométricos 90's e enfeites chineses (??). Fora, tem um jardim/campinho liiindo demais... Sobre a vista, você fica até sem ter o que dizer porque cê tá aos pés do Cristo Redentor e olha lá em baixo a Marina da Glória, o Pão de Açucar e o bairro de Santa, cheio de galhardia e favelas (mas tem UPP GALERA!). O melhor de lá é que não se trabalha com venda casada, cê pega a casa vazia. O ruim é que se corta um dobrado pra preencher a casa de coisas, móveis, toalhas e tudo o mais. Esse pedaço não foi fácil.
O Mark, dono de lá, cede o mobiliário vintage, uma mesa imensa pra buffet, sofás e banquinhos do jardim. Outra coisa legal é que você pode começar a arrumar o lugar três dias antes. Ah sim, também o preço, olha, barato não é, mas saiu mais em conta do que todos os lugares que pesquisei até sangrar pelos poros. O que mata ali é iluminação: ou se encontra uma alternativa como velas e tochas ou prepara a minisaia pra ficar no calçadão de Copa, amiga. Olha... nem vou falar de valores aqui se não vocês passam mal.
Os funcionários são A COISA MAIS LINDA DO PLANETA! Preciso voltar lá e pelo menos dar uma caixa de bombons pra cada um, o quanto que os abracei! Eles foram muito gentis conosco, muito! Seu Cícero prometeu pra mim que não ia chover e aí não choveu.

Celebração civil: Juiza Sônia, do Cartório do Catete. Belíssima fala! E ela é chiquérrima! Só prepara o bolso.

Cerimonial: a Julia Pessoa da Oh Happy Day e a Ana Hoffman da Petits Marriages estavam comigo lá no dia pra descascar pepinos, organizar a galera, tirar cadeiras da chuva, nos alimentar e garantirem que eu não ia ter um treco. Foram generosíssimas, profissionais no talo! Pessoas de grande espírito que recebi dos céus num dos momentos mais complicados desta minha vida.

Móveis: Mineirart. 2263-3272 // É... foi aquilo que vocês imaginam, um aluguel razoável e um frete mortal. Mortal. Mas, olhem, após muito choro e ranger de dentes e após implorar, porque eu implorei no auge da histeria e da pobreza, consegui um desconto de 10%. Mas são todos profissa, não dá pra negar não. Pontuais, rápidos. Só acho que passar um paninho nas cadeiras não doía. Minha sogra reclamou cântaros, não vou lhe tirar a razão. As cadeiras só ficaram brancas depois das esfregadas que ela deu.

Decoração: Veridiana e René Gartner, amigas de infância do Rafa lá no Sul! Elas trabalham no Projac e nos deram o talento delas de presente. A idealização foi de nós três e execução toda delas + todo mundo que estava disponível. Como elas não trabalham com casamentos necessariamente, querendo contato, cês podem me escrever.

Carro: que carro?

Convites: Eu fiz a parte gráfica e a arte, imprimi aqui na impressora de casa e depois veio o povo aqui tomar uma cerveja, passar lacinhos na caixa, montar. Ele está aqui -> nesta postagem

Maquiagem: Rejane Moraes. Material de primeira! Moça competente, me aturou pacientemente e demonstrou autocontrole ao me maquiar no meio do entra e sai de mulheres que tava o lugar onde me arrumei. Pra mim, a festa começou ali.

Cabelo: 1 (hum) drama. Eu tinha uma amiga, ela era minha manicure e cabeleireira na época em que quase fiquei careca. Quando conheci o Rafael eu não tinha cabelo por dentro da cabeça e ela foi lá e me salvou naquele triste momento. Compartilhávamos muitas coisas uma com a outra, ela acompanhou todo meu processo de ir lá pra Londrina, início do namoro e tudo o mais. Achei que seria muito legal, cheio de significado, que ela estivesse lá no meu dia. Mas aí, né, ela me liga na sexta feira ONZE E MEIA DA NOITE dizendo que não poderia ir porque tinha de comprar piso pra casa dela+ do noivo no Construcard e era o último dia. Não consegui nem chorar, acho que entrei em choque.
No dia seguinte consegui um encaixe no salão no Bairro de Fátima (perto da Lapa) onde as mulheres da família do Rafael iam se embelezar. Não sei como agradecê-los a gentileza, o terem me acalmado, as águas e os cafés. Esse foi meu dia de noiva. Unha e cabelo R$80. Me arrependo um pouquinho de não ter tentado ir no Werner’s vendido meu fígado e minha alma porque não gostei do meu cabelo, ou melhor, gostei, mas não era o que eu tinha imaginado, sabem? Disse que queria algo vintage, anos 50 e a moça disse que nunca tinha ouvido falar. Mas culpa minha! Não levei nem uma foto de referência nem nada :( burra! burra! Eu tava fora de mim naquele momento, perdi o raciocínio. Cês já devem estar de saco cheio deu falar isso, mas repeti pra quem estiver chegando agora.

Vestido de noiva: comprei no etsy.com com a Wendy (Ieie Boutique) de Nova Jersey. entregou em 1 mês e meio, eu mesma fiz as medidas. A mulher é UM GÊNIO! acabamento de cair o queixo. o modelo copiei de uma noiva, modifiquei pra ficar do meu gosto.

Véu voillete: Rua do Ouvidor 120 (este é o nome da loja) 2507-9104. To vendendo!

Sapato da noiva: NHC Shoes (liquidação de inverno, R$ 60 hohoho)

Roupa do noivo: Richards + acervo pessoal de René e Veridiana Gaertner (a gravata e os suspensórios).
Vestido das damas de honra + madrinha: anotem esta informação no sutiã. Gorete 2241.9413 // Gorete é uma linda! Ganhei uma costureira e uma amiga. Fez tudo como a gente quis, embarcou nas viagens e até se despencou do Méier pra São Gonçalo (morando em São Gonçalo vocês sabem como é) e apertou meu vestido de noiva NA MÃO! NA MÃO, BRASIL! (porque eu tirei as medidas do busto errado... quis fazer peitão, mas não deu certo. fica a dica pras meninas pouco avantajadas nessa região: assumam seus peitinhos! acho que sem enchimento teria ficado mais legal).

Buffet de crepes: Crepes Cabral. 3279.2869 // São muito famosos aqui no Rio e tal, acho que dispensam apresentações, mas o atendimento é meio escroto, dificultam a vida com demoras e incertezas, fiquei com medo de que não fossem, mas chegaram lá na hora e arrasaram. Falou-se mais na comida do que de mim. Fizeram uma versão diet.

Buffet de pães, molhos e saladas: Marcos e Jane - 2712.8611 // Eles são meus ex-vizinhos! Ambos cozinheiros de mão cheia! as saladas e os molhos foram o acompanhamento dos crepes, fiz isso pra rolar um desconto no Cabral (pedi apenas o serviço de crepes. só! só!) e deu super certo!

Doces e Bolo: Marcos e Jane // ela é a doceira+boleira da família. Fez o bolo fake e o bolo real que era diet (sou diabética, mas sou filha de Deus! não ia comer meu próprio bolo de casamento??). olha, vocês vão ver nas fotos que os cupcakes estão tortos... eles não aguentaram a viagem de São Gonça até Santa Teresa :( mas foi risco meu, sabia que podia acontecer isso e até coisa pior. Tava gostoso, quem se importa?

Bem casados: foi a Jane também. Infelizmente fui obrigada a comer 2, porra MUITO BOM! assim que eu tiver um pâncreas comprarei 1 quilo, deles por favor! ela quem decidiu pelas cores/estampa sozinha porque chegou num momento em que falei, gata, não consigo mais decidir nada, to nas tuas mãos. Não me decepcionei, tava fofo demais. Era de pão de mel <3

Bebidas: amigos e família compraram num depósito na Lapa ao perceberem que quase ninguém colaborou com as bebidas como a gente tinha combinado. é... pois é.

Fotografia: Fabio Moro // 8477.3190. Grande achado do casamento, grande achado em nossas vidas. Fabio nos ofereceu a possibilidade de uma cobertura de viés artístico e orgânico, nos deu liberdade para criar e nós nos entregamos às suas criações. Como brinde precioso, ganhamos um casal de amigos; o Fabio e a Clara, a esposa dele. O resultado nos deixou mais do que felizes e emocionados e até o problema da transferência da cerimônia/festa do jardim para dentro do apertado da casa foi contornado com criatividade e carinho.

Filmagem: Rocha produções - Não pensávamos em fazer filmagem por conta do orçamento. Na verdade foi a Etiene quem me encontrou e nos fez sua proposta: queria estar lá, cala a boca que lá estarei. O trabalho dessa senhorita... seu profissionalismo... e o que é aquela edição!? Assistimos ao preview e, como todo mundo, ficamos acachapados! PUTA QUE PARIU! LINDO! LINDO! que talento! A equipe captou o momento, acompanhou toda a confusão de arruma pra lá, maquia pra cá, toda a mão na massa de amigos e familiares. A costura artesanal, o ar de cinema-videoclipe. Apaixonante define!

DJ: Thiago Santana, primo do noivo, cineasta, especialista em som hipster. Nunca antes estive numa festa em que tocasse Belle&Sebastian, realizei-me!

Topo do bolo: foi uma concepção coletiva da René Gaertner, Julia Pessoa e Ana Hoffman. Me corrijam se eu estiver errada, meninas

Buquê: Ana Hoffman montou na hora, no improviso. Ficou um sonho!

Noite de núpcias: UI! Ficamos num hostel com toda a família do Rafa, o Terra Brasilis, gente, excelente!! Fomos pra lá na sexta feira pra ficar mais perto de tudo, o quarto era um sonho e consumamos nossa união com um belo sono desmaiados um pra cada lado.

DÚVIDAS DIVERSAS

Cláudia Carvalho
Adorei tudo! Tenho tantas perguntas.. hehe
Achei demais e quero tentar fazer muita coisa sozinha, não quero gastar muito, menos de 10 mil com certeza, vamos ver se consigo. Bom, você não teve garçons, quem recolocava nas mesas o que ia terminando? Que tipo de música você usou durante a festa? Teve pista de dança? Como foi para servir as bebidas, quais tinham? Já que não deu muito certo dos convidados levarem. Não sei como proceder com casamento à tarde. Sei que é muita pegunta, não precisa responder de uma só vez! hehe Beijos

R: Helo Claudita! Ótimas as suas perguntas! Se eu tivesse pensado nelas, muita coisa estressante poderia ter sido evitada, mas beleza.
Não teve garçons porque era um buffet de crepes, que é um lance meio selfservice. As pessoas chegavam pro crepeiro, pediam o sabor, ele preparava e aí ela ia pra sua mesa comer (depois de acrescentar saladas, molhos, sorvete, como desejasse). Também tinham os pães e as pastas qeu fiz assim, a pessoa chegava na mesa grande, pegava os pães e biscoitos que quisessem, colocavam num cestinho e levavam pra sua mesa. Autonomia dos convidados, cada um se vira e ajuda quem não pode se virar (idosos, pessoas com dificuldades de locomoção).
Música foi assim, a gente pegou o primo do Rafa. Nossos gostos combinam loucamente, a gente é meio alternativo, anos 80, meio bossa e rolou tudo isso. Não tivemnos pista porque a festa foi à tarde, um lanche. Não daria certo pista e nem é a nossa cara isso. Depois fomos pra Lapa encher a cara.
Pra servir as bebidas, uma das damas me deu de presente um cara que ficou cordenando meio que um open bar. Um amigo deu gelo, cataram os isopores, colocaram uma mesa com toalha e pronto, todo mundo bebeu o quanto quis/aguentou.
Podem mandar perguntas! Vou atualizando

13 comentários:

Cláudia Carvalho disse...

Obrigada pelas respostas! Adorei!

Luluca disse...

Prill,

Aqui é a Lu que mandou um e-mail para você ontem (do casal gêmeo). Tô encantadíssima com a sua festa.

E para completar: o seu casamento foi no dia do aniversário do noivo aqui e ele também não tem um pâncreas que produz insulina! PÁAAAARA

Rita Gomes. disse...

Gatan!!! acabei de ve sue casamento no Casando sem grana e achei lindao. Parabens viu!!! amo ver casorios assim pq aí me animo, já q a principio acho arriscado fazer coisa bonita com economia. Mas pergunta fundamental: onde foi a cerimonia?? se é sua casa quero dizer que vc ta muuito bem de casa viu :) acho TÃO fundamental um lugar bonito, uma vista bonita.. e aí que lugar luxo foi esse?? bjs

Gabi Valete disse...

Oi, Prill, tenho uma dúvida meio burocrática, rsrs. Vc e seu marido moram em São Gonçalo, certo? Qndo vc fez a habilitação para o casamento, foi num cartório de SG? Depois eles enviaram a habilitação para o Cartório do Catete para a Juíza Sônia poder fazer o casamento? Houve alguma restrição do cartório de origem em liberar esse documento?
Obrigada!
gabivalete@yahoo.com.br

Prill disse...

Lu: me diverti demais com toda a coincidência, ê coisa linda! assim que eu desafogar de coisas aqui, conversaremos! seu noivo ser diabético também foi o golpe de misericórdia, que isso, realidades paralelas??

Rita: hahahahahah minha casa, brasil! quem dera, quem dera. A cerimônia foi na casa Recanto do Barão, em Santa. agora atualizei a ficha! obrigada por chamar a atenção aí. to dorme!

Gabi: me passa seu email ou qualquer outra forma de contato que explico tudo!

Gabi Valete disse...

Oi, Prill, meu email tá aí em cima, mas de qlqr forma, é gabivalete@yahoo.com.br
Bjks e obrigada!

Prill disse...

Po, Gabi! mybadz!!! Não vi o email! To pirando, ignore
Ja te escrevo! Beijo

Julia Pessoa disse...

que nada, amigan!!! o topo do bolo foi epifania da Clara, a fofa esposa do Fabio.

ela chegou pra mim assim: "Ju, o bolo tá sem topo, tava pensando em roubar uma xicrinha ali do armário e encher com florzinhas, que cê acha?"

E foi! =]

Lua disse...

Olá mocinha, estou aqui vendo seu blog, eu supostamente iria fazer no recanto do barão, mas o Mark praticamente me chamou de pobre...rs... em entre linhas. Chateada eu? MUITO claro... e ainda ficou pensando onde irei casar agora... Isso porque eu disse que pagaria o $ a vista e pedindo alguma bonificação, como uma 1h a mais.

Quando vi o e-mail do meu noivo, que vi hoje (o local ele que faria as transações) eu fiquei tão chateada... do tipo se não der procure algo que esteja no seu orçamento...

Eu só penso no raio desse lugar só pq seria mais facil para os parentes e amigos do noivo irem a festa(ele tb não é do Rio igual ao seu esposo. Nós tb se conhecemos na internt e ele tb veio morar aqui comigo).
Desculpe o confessionário, por favor não me peça para orar um terço...

A sua festa saiu 12 mil com as fotos e a filmagem?

Lua disse...

Olá Prill... estou ansiosa para a sua resposta, está de lua de mel? (rs)

Prill disse...

Oi Lua!! Desculpa não ter respondido! Tenho andado maluca com a dissertação (repare que o blog está às moscas). Se eu consegui um fórceps pra fazer essa merda terminar de ser escrita, volto à vida essa semana, daí poderei responder todo mundo sem essa demora que fica chato.
Então, essa é minha lua de mel.

12 mil com foto. a filmagem ganhamos por fora, de presente, por isso não contabilizei.
aliás, uma coisa pra ficar clara: a gente ganhou muita coisa que baixou os custos, também chorei lágrimas de sangue com fornecedores + passamos a sacolinha na família. e esse valor tá com as alianças! esqueci de pôr as alianças na lista!! porra, foi caro à beça! é a única dívida que temos agora porque parcelamos em 213252039 de vezes. não é pra ser pra sempre? ENTÃO PARCELA A ALIANÇA, BRASIL! 1,400 realidades, num inferninho da saara. ouro bacana tb, na HStern sairia uns 6 mil brincando.

Agora............. estou cu-ri-o-sís-sima pra saber desse babado aí com o Mark. ele é realmente um cara complicado de lidar, verdade seja dita. tenho certeza de que ele não se dá conta disso, vai até nos chamar de injustas. mas o que foi que ele fez? conta aí, cara, não to aqui pra livrar a cara de ninguém, e você?

Lua disse...

Prill, que bom que vc escreveu... sobre o Recanto do Barão... eu nem falo mais nada
Só leia o que eu fiquei sabendo hoje: http://donaluavaicasar.blogspot.com/2011/08/para-o-mundo.html

Não paro de chorar, mas a historia esta meio louca e meio bizarra, eu estou sem saber o que fazer!

Eu cheguei ao limite hoje de tarde, fiquei sem céu e chão... Ele só pode ser maluco, já bastava antes falando que a gente devia alugar gerador e etc... reclamando da gente pedir desconto por pagar a vista, pedimos 1h a mais e que pagariamos outra... era só dizer não, e etc... ou dizer que daria um pequeno desconto, mas disse que se não dava no nosso orçamento que procurasse algo que desse, que fazemos o que esta no nosso bolso, isso é verdade, mas antes disso existe sonhos, desejos e força para conseguir aquilo que alçamos.

Mas apesar disso nos ter chateado, não por não sair desconto, mas pela forma que nos escreveu... ele acabou comigo hoje... me deixando sem lugar para fazer a festa! Eu ia pagar as horas extras (a familia do meu noivo gostam de festa e alguns virão até do Recife, minimo que posso dar a essas pessoas é uma boa festa).

Não quero mais chorar, mas nao paro de chorar...

Bruna disse...

Oi Prill!
Fiz um contato com vc no face, e vou tentar por aqui tb!
Primeiramente gostaria de dizer que seu casamento me inspira e que adoro ler as coisas que vc escreve por aqui!
Gostaria de receber o contato das meninas que fizeram a sua decoração. tb pretendo realizar a recepção do casamento no recanto e quando se informa que vai casar em Santa teresa, acho que os fornecedores pensam que vc mora num castelo!Tudo caro!!!
E se vc tb puder enviar o mapinha que enviou junto com o seu convite...vou amar!!!
Segue meu email: brunaivanaldo@gmail.com
Um grande beijo!!!
Bruna

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...